05-07-campeaotriangulo1954
Campeão do Triângulo em 1954: Veríssimo, Loli, Tati, Lanza, Tiago, Cazeca, Zé Luiz, Léo, Paulinho Ibiá, Patinho, Barros, Oliveira, Colmaneti, Fausto, Tam e Luizinho
 
Na década de 50, o Uberaba conquistou três vezes o título de campeão do Triângulo Mineiro. Foi bicampeão em 1954-1955 no Campeonato do Triângulo, também chamado de Torneio Regional. E ganhou também em 1957, na competição chamada de Copa do Triângulo. Na prática, são os mesmos torneios.
 
O Campeonato do Triângulo foi promovido pela Liga Araguarina de Futebol de 1951 a 1953. Em 1954, a realização passou para a Liga Uberabense (com direito a boicote das equipes de Araguari, que voltaram em 1955). Os registros das competições são escassos e imprecisos.
 
O Regional de 1954 teve nove equipes, de Uberaba, Uberlândia, Ibiá e Araxá. O Uberaba foi o campeão, com 25 pontos. O segundo colocado foi o Nacional de Uberaba, com 18. A competição terminou, na verdade, em janeiro de 1955 e, na última rodada, o USC, já como campeão antecipado, enfrentou o Nacional, recebendo as faixas dos alvinegros.
 
E parecia que o rival queria carimbar as faixas. O jogo, disputado debaixo de chuva, teve o Nacional abrindo 2 x 0, com gols de Nicotina e Darcy. Mas o Colorado reagiu. Barros descontou ainda no primeiro tempo e, na segunda etapa, um gol de Tati e outro de Barros deram a vitória ao time vermelho.
 
05-07-bicampeaotriangulo1955
USC com as faixas de bicampeão de 1954-55: em pé, Loli, Léo, Wilmondes, Lanza, Fuminho (massagista), Veríssimo, Zé Inácio, Hortêncio (técnico); agachados, Gradim, Paulinho Ibiá, Zé Luiz, Tati, Oliveira e Idenir
 
Em 1955, a competição (que só terminou em 22 de janeiro de 1956), teve nove equipes, de Uberaba, Uberlândia e Araguari. O USC disputou o título palmo a palmo com o Araguari. Na última rodada, as duas equipes se enfrentaram no Boulanger Pucci lotado, valendo o campeonato. O Uberaba saiu na frente com Zé Luiz, os visitantes viraram ainda no primeiro tempo, com Paulo Borges e Pacuzinho, e, no segundo tempo, o Colorado empatou com Oliveira (pai do atacante Careca, da Seleção Brasileira da Copa de 1986). No fim do jogo, Oliveira foi derrubado e o árbitro João Etzel marcou pênalti. O Araguari não aceitou e saiu de campo. A vitória foi confirmada para o USC, que ficou com o título, com 6 pontos perdidos, enquanto o adversário terminou com 8 pontos perdidos.
 
Em 1957, com bela campanha, o Colorado foi campeão da Copa do Triângulo de maneira antecipada - a única derrota, na última rodada, foi contra o Fluminense de Araguari, por 3 x 2, e o Zebu já tinha comemorado o título. O certame teve sete equipes, de Uberaba, Uberlândia e Araguari. Na campanha, o USC somou oito vitórias, uma derrota e dois empates.

Parceiros 

anuncie boxe
 
sancelo
 
perfetto
 
corintiano
Scroll to top