11a-usc-soc-3-07-04-2018
 
Classificado! O Uberaba Sport está nas semifinais do Módulo II do Mineiro. Na tarde deste sábado, pela 11ª e última rodada da primeira fase, o Colorado venceu o Social por 3 a 1, de virada, no Uberabão, e, contando com a derrota do Betinense, garantiu vaga no mata-mata, avançando como quarto colocado.
 
Nas semis, o Zebu enfrenta o líder Guarani. O jogo de ida é no próximo sábado, dia 14, no Uberabão. O segundo e decisivo duelo pelo acesso e por um lugar na final é na semana seguinte, dia 21, em Divinópolis (a ordem dos confrontos só muda se o Bugre, dono de melhor campanha, solicitar a alteração até segunda-feira). Do outro lado, o pega é entre América de Teófilo Otoni e Tupynambás.
 
O jogo
Foi tenso desde o princípio. O USC já entrou pilhado, sabendo que não apenas tinha que ganhar, como também contar com tropeço de Betinense ou Tupynambás. Com o técnico Rogério Henrique fora, suspenso pela expulsão na última partida, o clube anfitrião era comandado pelo auxiliar Diego Paulista.
 
A bola rolou e o Colorado foi logo pro ataque. Só que mais na base da vontade. Quando caprichou, quase marcou com Tuxa, que cabeceou à direita do goleiro Iago, com perigo. Depois, foi Saulo quem ameaçou, driblando na área e finalizando pra fora.
 
11a-usc-soc-1-07-04-2018
 
E o Social? Mesmo já rebaixado, só cumprindo tabela, a equipe visitante não apresentou a fragilidade que muitos esperavam. Se defendeu bem, querendo melar as coisas pros donos da casa, e ainda assustou no ataque. O goleiro Luan salvou duas vezes e o Saci ainda teve um gol anulado.
 
Aos 31 minutos, na parada para hidratação, o nervosismo pairava no ar. A torcida já dava sinais de impaciência. A vitória contra o lanterna não era certa? Não, o gol não ia sair quando o Uberaba bem entendesse. Teria muito sofrimento. O time alvirrubro não conseguia criar boas jogadas e diversas vezes recuava a bola.
 
Depois da água, Saulo tratou de levantar a galera. Girou e bateu forte, mas Iago fez grande defesa. Tuxa também tentou, mas, na dividida, a bola foi pra fora, tocando na rede por trás, enganando vários torcedores que soltaram o grito de gol.
 
11a-usc-soc-2-07-04-2018
 
O primeiro tempo termina 0 x 0, mesmo placar de Tupynambás x Mamoré e de Democrata x Betinense. Na volta pra segunda etapa, Fabinho entra no lugar de Crispim. Aos 4 minutos, o drama aumenta. Na falta, chuveirinho na área e Marcelo, fácil, marca de cabeça: 1 x 0 pra equipe alvinegra.
 
O time vermelho vai pro tudo ou nada. E Emerson Borges, que tinha acabado de entrar, cabeceia no canto e deixa tudo igual: 1 x 1, aos 9 minutos, e torcida inflamada.
 
Nos outros duelos, também tem gol. E os placares das partidas que interessavam ao USC não são favoráveis. Tupynambás e Betinense marcam. O Colorado não quer saber e faz o que tem que fazer, atacar. Saulo bate de fora da área com perigo. Pressão total e, aos 23, Fabinho recebe na área e chuta cruzado pra decretar o vira-vira: 2 x 1, e loucura nas arquibancadas.
 
As coisas melhoram e a galera vibra com a notícia dos gols do Mamoré, que empata, e do Democrata, que vira pra 2 x 1. No embalo, o Uberaba joga mais confortável. Tem outras boas chances, mas também leva sustos. Mas, já aos 47, Rafael Oller tabela com Tuxa e bate pra liquidar a fatura: 3 x 1, e que venha a semifinal!
 
O Tupynambás ainda marca nos acréscimos e vence o Mamoré, avançando em terceiro. Mas o Betinense não reage e o Zebu entra mesmo no G-4. Fim de jogo, e a torcida faz uma grande festa!
 
11a-usc-soc-4-07-04-2018
 
Classificação
O Guarani fecha a etapa qualificatória no topo, com 23 pontos. O América de Teófilo Otoni ficou em segundo lugar, com 20. O Tupynambás sobe uma posição e assume a terceira colocação, com 19 pontos e seis vitórias (o time de Juiz de Fora assegurou a vaga com o gol nos descontos; se empatasse, quem prosseguiria seria o Betinense, mesmo perdendo). E o Uberaba passa em quarto, com 19 pontos e cinco vitórias. O Betinense cai fora do G-4, com 18 pontos.
 
O gol de Oller no finzinho foi uma “garantia”. Se o Betinense empatasse com o Democrata, ficaria na igualdade com o USC em pontos, em vitórias e no saldo de gols, e levaria a melhor no número de gols marcados. O Colorado termina a primeira fase com seis gols de saldo (fez 15, sofreu nove), contra quatro do Betinense (fez 17, levou 13). Foi suado!
 
Tricordiano (17 pontos), Democrata de Sete Lagoas (15), Nacional de Muriaé e Ipatinga (13 cada) e CAP Uberlândia (12) ficam pelo caminho. Mamoré (9) e Social (5) foram rebaixados pra Terceirona.
 
Confira aqui como ficou a classificação detalhada da competição.
 
A rodada
Guarani 1 x 1 América
Uberaba 3 x 1 Social
CAP Uberlândia 0 x 2 Ipatinga
Tricordiano 3 x 1 Nacional
Tupynambás 2 x 1 Mamoré
Democrata 2 x 1 Betinense

Busca 

Parceiros 

anuncie boxe

river

boibao

diskcanecas

burn

Scroll to top