O Nacional vai participar do arbitral da Terceirona do Mineiro, mas ainda não sabe se disputará a competição. Segundo o gestor de futebol Luis Arantes, o Naça depende de acertar patrocínios para ingressar no campeonato.
 
A Federação Mineira de Futebol publicou no último dia 4, em seu site oficial, o edital abrindo inscrições para a Segunda Divisão do Estadual (popularmente chamada de Terceirona, já que a Primeira Divisão tem os módulos 1 e 2). Os clubes interessados devem se manifestar e enviar a documentação necessária até essa quarta-feira (16). O arbitral está marcado para o dia 23. A expectativa é que o torneio comece na primeira semana de agosto.
 
Em conversa com o REPLAY, Luis Arantes afirma que o Nacional estará no arbitral, mas não pode garantir que o Elefante vá jogar. “Estamos regularizando nossa situação com a Federação, com a CBF, estamos interessados e vamos ao arbitral, mas para participar da competição depende de patrocínio. Se não tivermos pelo menos 80 ou 90 por cento de patrocínio para os gastos, não vamos entrar”, pontua.
 
A diretoria está visitando possíveis parceiros e apresentando projeto para captar os patrocínios. Conforme o gestor, os custos para disputar a Terceirona são altos. “É um campeonato de R$ 500 mil em quatro meses, isso com salários baixos dos jogadores. E acaba o campeonato você tem que estar pronto pro outro (Módulo 2), que começa logo em seguida, e aí vão mais R$ 800 mil. A Federação deveria aumentar os módulos 1 e 2 para melhorar a vida dos clubes”, assinala.
 
Luis Arantes também tem ressalvas quanto ao regulamento. “Tem um grupo de vinte clubes que querem disputar, que eu acompanho, mas se a forma de disputa for a mesma do ano passado, muitos vão ficar de fora”, diz ele.
 
De acordo com o estatuto do torcedor, o regulamento de uma competição só pode ser mudado após dois anos de vigência. Em 2017, a Segunda Divisão teve uma forma de disputa diferente em relação a 2016, ou seja, o regulamento adotado no ano passado deve permanecer pelo menos até 2018.
 
Na última temporada, a Terceirona teve nove equipes, com todas jogando contra todas em turno e returno, totalizando 18 rodadas, com cada time fazendo 16 partidas. Subiram pro Módulo II o campeão Ipatinga, com 35 pontos, e o vice Democrata de Sete Lagoas, com 33.

Busca 

Parceiros 

boxe anuncie-2

boxe jardimjulia

boxe river

boxe drogariacardoso

boxe elo-engenharia

boxe disk-canecas

Scroll to top