ranking-bac-29-10-2018
Campeão em 2017, Bonsucesso é o atual líder do Ranking REPLAY
 
Definidas as oito equipes classificadas para a terceira fase do Amadorão, já sabemos quem vai pontuar no fim da temporada no Ranking REPLAY de Clubes: Vila Nova, Koreia, Arem, Fabrício, Santa Marta, Sete Colinas, Independente e Água Compridense. Pela primeira vez o Santa Marta aparecerá na relação, já que, desde que o ranking foi criado, esse foi o primeiro ano que o Coelho disputou o Módulo A.
 
O Ranking REPLAY distribui pontos aos clubes conforme as campanhas no Amador. O campeão de cada ano ganha 10 pontos. O vice-campeão, 8. Os semifinalistas, 6. E quem chega às quartas-de-final soma 4 pontos. São contabilizadas as participações de cada equipe nos últimos cinco anos, e a atualização é feita ao final de cada campeonato. Assim, encerrada a temporada, os pontos referentes a 2013 serão desprezados, passando a contar só as edições de 2014 a 2018.
 
Esse ano, embora o Amadorão tenha adotado novo regulamento, sem mata-mata nas quartas-de-final, a listagem manterá a pontuação às oito melhores agremiações.
 
Desde que o levantamento começou a ser feito, em 2008, essa é a primeira vez que o Módulo A tem um formato com cinco fases. Da primeira edição do ranking pra cá, a competição sempre tinha uma primeira etapa classificatória em grupo único, com oito times qualificando-se, e a partir daí mata-mata nas quartas-de-final, semifinais e final. Dessa vez, são três etapas de grupos, depois semifinais e final com mata-mata.
 
Os oito classificados para a terceira fase de 2018 entrarão no quadro. Como é a etapa anterior à semifinal, contando com oito clubes, o REPLAY considerou a terceira fase como quartas-de-final.
 
A tabela atual
O Bonsucesso é o líder do Ranking REPLAY, com 38 pontos.
 
 
No fim da temporada, o time vai perder 10 pontos do título de 2013 e, como não terá nada para somar – já que não figura entre os oito melhores desse ano –, ficará com 28 pontos.
 
O único que pode superar o Bonsuça ainda nessa jornada é o Fabrício, que atualmente divide a vice-liderança com o Ipiranga, com 20 pontos cada. Para assumir a ponta, o clube grená tem que ser campeão. Se for vice, empatará com o BAC.
 
A lista completa tem hoje 16 equipes, e ao término do calendário continuará com esse mesmo número. Se o Santa Marta entra pela primeira vez, um time sairá: o União, que vai perder os 6 pontos referentes à campanha de 2013, quando chegou à semifinal – e de lá pra cá não pontuou mais.
 
Uma curiosidade é que nos campeonatos de 2004 e 2005 só os quatro melhores times levavam pontos, porque o regulamento tinha a chamada repescagem (das oito equipes das quartas-de-final, seis estavam entre as primeiras colocadas da primeira fase, e duas vinham da repescagem).
 
Troféu Djalma Santos
Outra premiação criada pelo REPLAY em 2008 foi o Troféu Djalma Santos, oferecido ao campeão simbólico da primeira fase do Amador, recompensando a regularidade da melhor agremiação na etapa do certame em que todos se enfrentavam. Em 2018, pela primeira vez não haverá a entrega da insígnia.
 
Motivo: com duas chaves na primeira fase (e na segunda e na terceira), o Módulo A não teve uma parte em que jogavam todos contra todos. Dessa forma, o prêmio “pula” esse ano, voltando em 2019 – se o Amadorão tiver novamente uma etapa em que todos se enfrentam.
 
O Troféu Djalma Santos é também uma singela homenagem ao bicampeão mundial de futebol com a Seleção Brasileira nas Copas de 1958 e 1962, atleta exemplo de talento e lealdade, que, após encerrar a carreira, escolheu nossa Uberaba para morar, até sua morte, em 2013.
 
O Bonsucesso é o maior ganhador do prêmio, tendo faturado seis vezes. O Vila Nova é o atual vencedor. Confira aqui todos os contemplados.

Parceiros 

anuncie boxe

lsguarato

river

golerefrigerantes

sorriso

boibao

sue

burn

itaipava

Scroll to top